• Breaking News

    Pesquisar neste blogue

    terça-feira, 14 de agosto de 2012

    6 assassinatos nas últimas 24 horas

    disparo pistola

    Nas últimas 24 horas em Portugal ocorreram 6 homicídios, um facto bastante invulgar num país onde os índices de criminalidade até são baixos quando comparados com a maioria dos países da União Europeia.

    Triplo Homicídio em Queluz


    Um homem de 58 anos incendiou um elevador num prédio da Rua de Timor em Queluz, provocando a morte de três pessoas (um homem e duas mulheres) que ficaram completamente carbonizadas. O alegado homicida entretanto entregou-se às autoridades e afirmou que a sua intenção era apenas "assustar as vítimas". Uma desavença familiar estará na origem desta tragédia.

    fachada prédio rua timor
    LUSA/Mário Cruz
    elevador incêndio Queluz
    LUSA/Mário Cruz



    O individuo do sexo masculino que faleceu no incêndio era um segurança conhecido como "Jardel" e a razão porque acompanhava as outras duas vítimas devia-se às antigas ameaças de morte por parte do homicida, pois este estava proibido de entrar nas clínicas das quais era sócio com a vítima mais velha.

    Homem em Viseu morto pelo Genro

    Um empresário de 39 anos foi morto pelo genro a tiro, na sequência de uma discussão familiar entre o autor do disparo e a ex-mulher. O homicida encontrava-se a viver na residência da ex-mulher, pelo que as ameaças e insultos era frequentes. No momento da discussão, a filha e o genro do casal sentiram necessidade de intervir em defesa da mãe e sogra, altura em que o suspeito efetuou um disparo de caçadeira, que vitimou o seu genro, um homem de 39 anos.

    Detido suspeito de homicídio com arma de fogo em Alvaiázere

    A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta segunda-feira a detenção de um homem suspeito de um crime de homicídio com arma de fogo, que vitimou um reformado com 84 anos, no concelho de Alvaiázere.

    A PJ revelou que na origem do assassinato terão estado “discordâncias antigas a propósito de delimitações de propriedades”.

    O detido, também reformado, de 73 anos, não possui antecedentes criminais e vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação.

    “Para o bom desenrolar das diligências revelou-se importante a colaboração da GNR de Alvaiázere”, adianta a PJ em comunicado.


    Morre ao defender a mulher

    Cristina foi esfaqueada na zona da coluna – está no Hospital de S. José – e ‘Zuca’ no peito, tendo tido morte imediata. O suspeito, de 33 anos, foi detido minutos depois pela PSP.

    As marcas de sangue das violentas agressões eram ontem ainda visíveis na rua da Palma, junto à calçada do Desterro – onde os amigos de ‘Zuca’ lhe prestaram uma homenagem. "Era uma pessoa que não fazia mal a ninguém, não arranjava problemas", contaram ao CM.

    Pela 01h30, a PSP interceptou o suspeito, com a ajuda de populares. Tinha na sua posse uma faca, com uma lâmina de 31 centímetros.

    Fonte: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/portugal/morre--ao-defender-a-mulher

    Bizzarru Facebook

    Se gostaste do artigo considera assinar a Feed e recebe todas as novidades no teu email.

    Enter your email address:


    Delivered by FeedBurner

    Sobre o Autor:
    Adicionar caixa sobre autor no rodapé dos postsFacebook | Twitter | Google +

    João Paulo Gramacho é o criador do Bizzarru.com onde escreve artigos sobre como ganhar dinheiro, dicas para blogs e técnicas SEO. Além de Webmaster também é licenciado em Química pela Faculdade de Ciências das Universidade de Lisboa.

    Sem comentários:

    Enviar um comentário