Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Raúl Meireles cospe na cara do árbitro

Raúl Meireles cospe na cara do árbitro

O jogador português do Fernebahce, Raúl Meireles, foi castigado com 11 jogos de suspensão por ter cuspido na cara do árbitro e de lhe ter feito um gesto homosexual (como aparece na imagem). O internacional português quando soube da suspensão, afirmou que estava a ser vítima de uma injustiça e refutou todas as acusações. Mas a verdade é que as imagens e o vídeo contrariam Raúl Meireles.


"Não aceito as acusações que me foram feitas. O árbitro diz que eu lhe cuspi na cara mas isso é mentira. Não o fiz e essas palavras são espacialmente graves porque não são a respeito de futebol, mas da minha pessoa. E sobre o facto de ter feito um símbolo gay, isso também não é verdade, é mentira. Não lhe chamei isso. Posso ter protestado com a decisão, mas as acusações sobre ter cuspido são absolutamente mentira" afirmou Mereiles na semana passada.

Este caso faz lembrar uma história semelhante no campeonato português entre o ex-jogador do Benfica, Petit, e o árbitro João Ferreira. Na altura, Petit encostou a cabeça ao árbitro e cuspiu na cara de João Ferreira, mas foi castigado apenas com 3 jogos.

Sem comentários:

Enviar um comentário