Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

A Vida de Adéle - O filme mais escaldante de sempre do cinema?

A Vida de Adéle - O filme mais escaldante de sempre do cinema

Se filmes como "Instinto Fatal", "Monster's Ball" ou "Último Tango em Paris" foram marcantes pela sua componente sexual, o novo filme do tunisino Abdellatif Kechiche ultrapassa todos os limites daquilo que já alguma vez foi visto em cinema.

A Vida de Adéle retrata a vida de uma jovem confusa com a sua orientação sexual e que parte à descoberta de si mesma, envolvendo-se primeiro com um rapaz e mais tarde com uma mulher de cabelo azul. O realizador quis fazer passar um filme tão realista quanto possível e para tal filmou cenas de sexo explicito.

Vale tudo para retratar a realidade? Há, ou deve haver, um limite entre os filmes de arte com cenas de sexo e o pornográfico? Filmes assim são, necessariamente, pornográficos?





Bizzarru Facebook

Se gostaste do artigo considera assinar a Feed e recebe todas as novidades no teu email.

Enter your email address:


Delivered by FeedBurner

Sem comentários:

Enviar um comentário