• Breaking News

    Pesquisar neste blogue

    quinta-feira, 13 de março de 2014

    Como eram as prostitutas no início do século XX

    Como eram as prostitutas no início do século XX

    Corria o ano de 1912 quando o fotógrafo americano John Ernest Joseph Bellocq se aventurou por Storyville, o famoso bairro de Nova Orleães que legalizou a prostituição entre 1898 e 1917. Quando voltou a ser proibida, praticamente todos os edifícios foram demolidos.Poucos vestígios ficaram da “capital americana não oficial do vício”, onde começaram a ser tocadas as primeiras notas de jazz e estas mulheres eram vistas como autênticas celebridades.

    John Bellocq passou algum tempo no bairro de Storyville a fotografar as prostitutas, mas acabou por desistir de publicar as imagens. Anos depois da sua morte, mais precisamente em 1949, foram encontradas numa pasta empoeirada escondida na sua antiga casa.O fotógrafo Lee Friedlander, autor da descoberta, editou um livro com as imagens. ‘Storyville Portraits’ (Retratos de Storyville), pela chancela da editora Little Brown & Co, chegou às livrarias em Junho de 1970. Décadas depois, as fotos permanecem um retrato fiel do mundo da prostituição no início do século passado.

    Como eram as prostitutas no início do século XX

    Como eram as prostitutas no início do século XX

    Como eram as prostitutas no início do século XX

    Como eram as prostitutas no início do século XX

    Como eram as prostitutas no início do século XX

    Como eram as prostitutas no início do século XX

    Como eram as prostitutas no início do século XX

    Como eram as prostitutas no início do século XX

    Como eram as prostitutas no início do século XX

    Como eram as prostitutas no início do século XX

    Como eram as prostitutas no início do século XX

    Como eram as prostitutas no início do século XX




    O Facebook tem diminuído o alcance das publicações. Como tal, assina a feed para receberes todas as publicações no teu email.


    Visita Humor Bizzarru

    Sem comentários:

    Enviar um comentário